Posso viajar grávida?

Neste artigo vais ficar a saber se podes viajar grávida, até quando o podes fazer com segurança e as regras específicas de cada companhia aérea!

Partilhar:

Viajar Grávida Gravidez Consulta do Viajante Online Andreia Castro

i) é perigoso viajar grávida?

Regra geral, viajar durante a gravidez não é perigoso! Na maior parte dos casos, e sobretudo se a tua gravidez é de baixo risco, poderás viajar praticamente até às últimas semanas da tua gravidez, sem risco acrescido para o teu bebé.

ii) Até quando posso viajar grávida? Até quantas semanas posso andar de avião?

Muitas companhias aéreas permitem viajar durante a gravidez até por volta das 34 a 36 semanas de gestação.
Esta é, na generalidade, a altura considerada consensual para limitar os voos às grávidas, por risco de ameaça de parto e, portanto, por forma a evitar situações que coloquem em causa a saúde e segurança da mãe e do próprio bebé.

iii) É seguro viajar grávida no 1º trimestre de gravidez? Posso viajar grávida de 1 mês?

Sim, é seguro desde que a tua gravidez não tenha factores de risco acrescidos. Viajar grávida, mesmo que logo no 1º mês de gravidez, não provoca por si só quaisquer consequências para o bebé.

iv) Qual é a melhor altura da gravidez para viajar?

A melhor fase da gravidez para viajar é durante o 2º trimestre;

Nesta fase já passaste pelo “choque inicial” de descobrires que estás grávida, já ultrapassaste eventuais náuseas e vómitos e já estás familiarizada com a tua nova rotina enquanto grávida, que passa por tomar a suplementação adequada assim como várias análises e exames.


Por outro lado, e pelo facto de ainda não estares no 3º trimestre, ainda não te sentes “demasiado grande” ou desconfortável com o peso ou inchaço das pernas, para além de que não corres o risco de um parto uns dias ou semanas antes do tempo da tua viagem.

v) Que cuidados adicionais devo ter quando estou grávida e quero marcar umas férias?

Nenhuma viagem é desprovida de riscos, e viajar grávida acarreta ainda mais cuidados e responsabilidades. Durante a gravidez (e ainda antes da mesma ocorrer!) poderá ser recomendado evitares alguns destinos onde possas precisar de determinadas vacinas, limitar os destinos com malária (sobretudo em algumas fases da tua gravidez) e ainda escolher adequadamente regiões ou países onde não existam casos de Zika.

 

Durante a gravidez, deves ainda antes de agendar a tua viagem marcar uma consulta médica com ista a definir os melhores destinos para ti e para o teu bebé. Na Consulta do Viajante Online fazemos isso mesmo, com um serviço exclusivo chamado “Aconselhamento de Viagens para Grávidas (ou quase!)  em que veremos juntas várias hipóteses seguras de acordo com aquilo que pretendes fazer nas tuas férias.


Em suma, Viajar durante a gravidez não só é permitido como recomendado, contribuindo para o bem estar mental e emocional da grávida e do casal. Porém, deves equacionar uma Consulta do Viajante Online específica para esta fase da tua/ vossa vida, quer já tenhas escolhido o teu destino ou não!. Acima de tudo, lembra-te: ambos merecem umas férias bem aproveitadas antes da chegada do novo elemento à família! 

Viajar Grávida Gravidez Consulta do Viajante Online Andreia Castro

Viajar durante a Gravidez (indicações por companhia aérea)

Posso viajar grávida na TAP, SATA ou Azores Airlines?

TAP

  • no geral, até às 36 semanas (ou 4 semanas antes da data prevista do parto)
  • no geral, até às 32 semanas se gravidez gemelar

A partir das 28 semanas, a grávida deve ser portadora de uma declaração médica a atestar o grau de risco da gravidez, o tempo de gestação, o seu bom estado de saúde e que, no fundo, está autorizada a viajar.

São alvo de autorização específica por parte da TAP, a esclarecer junto da companhia aérea, as seguintes situações: gravidez de risco ou alto-risco, gravidez com complicações, gravidez gemelar com voo previsto acima das 32 semanas, gravidez com risco de parto prematuro/ aborto, gravidez com provável ocorrência de complicações durante o parto.

SATA / Azores Airlines

  • entre as 28 e as 36 semanas, apresentar uma declaração médica do grau de risco da gravidez e da data prevista do parto;
  • acima das 36 semanas – neessária a apresentação de certidão médica específica da companhia redigida no máximo até 7 dias antes da viagem, com o grau de risco, tempo de gravidez e data prevista do parto. 

Posso viajar grávida na Easyjet?

  • a Easyjet autoriza viagens de avião até ao final das 35 semanas de gravidez (gravidez única), ou até ao final das 32 semanas (gravidez de gémeos), para gravidezes de baixo risco
  • os casos de gravidez de risco ou com complicações devem ser discutidas com a companhia aérea.

Posso viajar grávida na Ryanair?

  • A Ryanair permite que a grávida viaje até às 28 semanas de gestação; a partir desse momento, é exigida a apresentação de uma declaração médica de “aptidão para viajar”; a declaração tem de ser apresentada à tripulação no momento do embarque, não sendo permitido viajar sem a mesma. 
  • A Ryanair não permite viagens a partir da 36ª semana de gravidez, nem a partir das 32 semanas no caso de gémeos.

Posso viajar grávida na EuroAtlantic?

 – A EuroAtlantic autoriza viagens até às 36 semanas de gestação, sem necessidade de apresentação de qualquer declaração. 

–  Entre as 36 semanas e os 7 dias que antecedem a data prevista do parto, a grávida deve contactar o Call Center para obter mais informações

Posso viajar grávida na Lufthansa, KLM ou Iberia?

Lufthansa
– A Lufthansa permite voar até ao final das 36 semanas de gravidez, se gravidez de baixo risco, sem necessidade de apresentar qualquer declaração;
– Se gravidez múltipla sem complicações, a Lufthansa permite voar até ao final da 32.ª semana de gestação.
– A partir da 28a semana de gestação, a grávida deve apresentar uma declaração médica com o grau de risco de gravidez, data prevista do parto e bom estado de saúde da mãe, reforçando que está autorizada a viajar. KLM
– A KLM desaconselha viagens a partir das 36 semanas e na 1ª semana de pós-parto;
– A grávida deve ser portadora de uma declaração médica com a data prevista do parto.

 

Iberia
– A Iberia permite voos até às 36 semanas de gestação, não sendo solicitados quaisquer documentos até às 28 semanas
– Após as 36 semanas, é necessário apresentar declaração médica no caso de necessidade absoluta em viajar.

Andreia Castro Consulta do Viajante Online

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

five × 4 =

viajar sem problemas lingua andreia castro consulta do viajante online2
Dicas de viagem

7 sugestões para viajar quando não se domina outra língua

Hoje em dia não há desculpas para não se viajar e a questão da língua deixou, há muito, de ser um fator que dificulta a vida dos viajantes. Hoje temos inúmeras formas de fazer face as essas dificuldades.