Consulta do Viajante Online para São Tomé?

vacinas, cuidados, segurança, dicas e muito mais neste artigo sobre São Tomé e Príncipe.

Partilhar:

São Tome Consulta do Viajante Online Andreia Castro

É necessário Consulta do Viajante para viajar para São Tomé?

São Tomé e Príncipe é um país incrível, com uma beleza natural quase intocada e uma cultura rica e bem preservada. No entanto, para quem para lá viaja podem ser recomendados vários tipos de cuidados.

São necessárias vacinas para viajar para São Tomé?

Na consulta médica devem ser avaliados individualmente vários factores que podem levar a que te sejam recomendadas vacinas, quer pertencentes ao Plano Nacional de Vacinação, quer extra-plano.

Somente a título de exemplo, existem vacinas contra a hepatite A e B, febre tifóide, febre amarela, raiva, meningite, poliomielite, sarampo, rubéola, tétano, difteria e varicela.  A vacina contra a COVID-19 é também recomendada. 

Essas informações serão todas abordadas na sua Consulta do Viajante para São Tomé, assim como onde podes fazer as vacinas adequadas e quando. 

O que inclui mais a Consulta do Viajante para São Tomé?

Existem muitas outras situações não preveníveis por vacinas e que devem ser abordadas na tua consulta, tais como os cuidados alimentares (quem nunca apanhou uma diarreia em viagem?!), transmissão de dengue e doenças transmitidas por animais (as quais podem ser, em ultimo caso, graves e até mortais).

Nas Consulta do Viajante Online o atendimento é feito por médicos viajantes, por isso não se trata apenas de uma consulta onde são abordadas questões de saúde e de prevenção. Nós já lá estivemos e conhecemos bem o local! Por isso, também te daremos conselhos e dicas de viagem na tua Consulta do Viajante para São Tomé.

TOP dicas para a Viagem a São Tomé

1 – As Dobras são a moeda nacional, mas há poucos ATM, pelo que o melhor é ter dinheiro de reserva. Os euros são aceites mas é sempre mais fácil ter dinheiro local em mão.
2 – O fim do ano é época de chuva, mas assim que o céu limpa encontramos aquelas cores de postal!. O resto do ano é quente e húmido.  
3 – Existem táxis e autocarros mas o melhor mesmo é alugares um carro ou um jipe. 
4 – O país é muito seguro, sendo que existe pouca criminalidade. 
5 – Os pontos chave turísticos são as roças, as várias praias, o Parque Nacional do Obó, o Ilhéu das Rolas e o ilhéu Bom Bom
6 – Existem sempre crianças a pedir, sobretudo aos turistas. O governo já recomendou que não se lhes dessem doces, pois a sua saúde dentária está a priorar e o país não tem forma de combater o problema. Recomenda-se a doação de material escolar (se possível sem plástico). 
7 – Tendo em conta os frequentes cancelamentos de voos de e para a ilha do Príncipe, o Ministério dos Negócios Estrangeiros português recomenda a todos os cidadãos portugueses a contratação de um seguro de viagem  (tens 5% de desconto neste link)
8 – Visto – de acordo com a STP Airways, os cidadãos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), União Europeia (EU), Estados Unidos da América (EUA) e Canadá, titulares de passaportes válidos, podem entrar e permanecer em São Tomé e Príncipe, com dispensa de Vistos, por um período não superior a 15 dias. Caso a estadia for mais de 15 dias, o visto pode ser obtido na Embaixada de São Tomé e Príncipe em Lisboa: 
9 – Ir à Consulta do Viajante para São Tomé, se possível 4 semanas antes da partida.

São Tomé Consulta do Viajante Online Andreia Castro2

Voluntariado em São Tomé?

Gostavas de fazer voluntariado em São Tomé? Eu já o fiz – por duas vezes! -, uma das quais através de uma ONG que já não existe. 
Deixo-te contudo aqui algumas associações (também nossas parceiras!) com as quais podes entrar em contacto para ajudar à distância ou no local:
– Associação Kêlê (através da Para Onde)
– Um dia vamos Juntos
– Mina Muala Nón
– Bamu Non

Lê mais neste artigo que escrevi para ti!

Andreia Castro Consulta do Viajante Online

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

six + nineteen =

viajar sem problemas lingua andreia castro consulta do viajante online2
Dicas de viagem

7 sugestões para viajar quando não se domina outra língua

Hoje em dia não há desculpas para não se viajar e a questão da língua deixou, há muito, de ser um fator que dificulta a vida dos viajantes. Hoje temos inúmeras formas de fazer face as essas dificuldades.